conceitos de marketing digital marketing concepts

O Marketing Digital está a crescer cada vez mais, transformando a relação entre as marcas e as pessoas. Por isso, há muitos termos que ainda podem ser desconhecidos ou pouco abordados. Vamos ver abaixo os principais conceitos de Marketing Digital que não podem passar despercebidos.

Conceitos de Marketing Digital por ordem alfabética

1. Adwords

Começamos os nossos conceitos de marketing digital com o Google Adwords. É um serviço de publicidade da Google, que permite apresentar anúncios nas suas plataformas, por exemplo, nas páginas de resultados, Gmail, Google Maps, etc., bem como nos websites parceiros, que disponibilizam um espaço das suas páginas para a apresentação dos anúncios.

2. Algoritmo

Um algoritmo é uma sequência de instruções dadas a um computador, para que ele possa realizar determinada função. Por exemplo, o Google usa um algoritmo para determinar os resultados de pesquisas e outro para trabalhar os anúncios no Adwords. Da mesma forma, acontece com o Facebook, com um feed de notícias para os seus usuários, e com o Twitter.

3. Analytics

O Google Analytics é um serviço gratuito que disponibiliza informações e estatísticas sobre os websites. Ao criar conta, é necessário colocar um código no website, para que o Analytics comece a receber informações, como número de visitantes, os seus dados demográficos, comportamento no website, páginas mais visitadas, etc.

4. Automação

A automação é um dos mais recentes conceitos de marketing digital. Consiste em optimizar o marketing digital, usando ferramentas que automatizam todos os processos da estratégia, como a geração de leads, email marketing e campanhas em redes sociais.

5. Backlink

Um backlink é um link posicionado que aponta para uma página de destino. Isto é muito importante a nível de SEO, pois passa autoridade para uma página de destino, sendo um factor de ranqueamento com grande peso para os motores de busca.

Existem 3 tipos de backlinks:

  • De entrada: links posicionados em páginas externas, fora do controlo do administrador do site;
  • Externos: links posicionados em páginas internas que direccionam para páginas externas;
  • Internos: links posicionados em páginas internas que direccionam para páginas internas.

6. Banner

São anúncios em formato de vídeo ou imagem. Geralmente, são patrocinados ou colocados, com o intuito de levar o visitante a aceder a algum link ou determinada página.

7. Blog

Ao longo dos anos, os blogs transformaram-se numa estratégia de importante, sendo obrigatório referi-los nos conceitos de marketing digital. As empresas usam-nos para falar sobre os seus serviços, oferecendo material para o público-alvo e divulgando a sua oferta.

8. Buzz Marketing

O Buzz Marketing é um dos conceitos de marketing digital que também pode ser aplicado no mundo offline. Consiste em gerar discussões positivas sobre um produto ou marca. Actualmente, a estratégia mais comum de buzz marketing tem passado pelos influenciadores digitais.

9. Calls to action

Os calls to action, ou chamadas de atenção, são frases ou botões que levam os usuários a realizar uma certa acção. Por exemplo, pode ser um botão que diga “clique aqui”, para fazer um download.

10. Conteúdo

O marketing de conteúdo é um dos conceitos de marketing digital mais recentes e importantes do marketing digital. O conteúdo pode estar em textos, vídeos, imagens, áudios, etc. Pode aparecer em blogs, redes sociais, sites, entre outros canais. O objectivo é promover a marca, com o foco em oferecer algo interessante e contextualizado, ou seja, interessante e útil para as pessoas. Pode ser um artigo no blog, infográfico, notícias, ebooks e muito mais.

11. Conversão

Uma conversão dá-se sempre que alguém conclui um objectivo na página, como clicar num botão para fazer uma chamada, fazer download dum ebook, etc.

12. CRM

Esta sigla, Customer Relationship Management, é um programa que ajuda a organizar reuniões, dados dos clientes, conversas, trocas de emails, etc. Portanto, ajuda imenso a conhecer os clientes e saber como satisfazer as suas necessidades, com o intuito de fidelizar.

13. CTR

Esta sigla significa Click Through Rate. Calcula a percentagem de pessoas que clicaram num link. É muito usado, por exemplo, em email marketing, para saber se as pessoas tiveram interesse em clicar nos links ou não.

14. Ecommerce

Consiste na criação de uma loja virtual para vender online.

15. Email Marketing

É um dos canais de marketing digital mais populares. Pode ser uma newsletter, notícias, descontos especiais, etc.

16. Funil de vendas

Este é um dos conceitos de marketing digital que também pode ser aplicado ao offline. No entanto, é muito mais usado pela internet. O funil de vendas reproduz cada etapa do cliente, desde o momento em que ele é somente um visitante, até ao momento em que compra. É preciso, portanto, um bom conhecimento do público-alvo para saber definir o funil.

Vamos ver um exemplo. A pessoa entra no site pela primeira vez, à procura de informação que solucione determinado problema, lê o texto sobre o assunto, vê uma chamada de atenção interessante, como o download de um ebook, faz o download e aceita a subscrição da newsletter para mais novidades, dicas e informações. Este usuário poderá tornar-se num cliente.

17. Inbound marketing

O inbound marketing tem o objectivo de atrair e fidelizar clientes. É, basicamente, o marketing de atracção. A ideia não é ir atrás do cliente, mas sim despertar o seu interesse, para ele vir atrás da empresa.

18. Infoprodutos

Os infoprodutos são conteúdos de informação criados, distribuídos e vendidos através dos meios digitais. Podem ser ebooks, infográficos, webinars, cursos online, templates, etc.

19. Internet das coisas

A internet das coisas é a conexão de vários objectos electrónicos à Web. Podem ser televisões, electrodomésticos, veículos, semáforos, etc. Em marketing, é usada para saber mais informações sobre os consumidores para campanhas e análise de acções.

20. Keyword

Uma keyword, ou palavra-chave, é uma palavra ou expressão que resume a ideia de um texto. Além disso, quando as pessoas escrevem essa keyword nos motores de busca, poderão encontrar esse mesmo texto. Por exemplo, se escrever no seu blog um artigo sobre as Bahamas, pode usar a keyword “férias nas Bahamas”. Em seguida, as pessoas que pesquisarem este termo de pesquisa poderão encontrar mais facilmente o seu artigo.

Saiba que uma keyword deve estar incluída ao longo do texto, entre 1% e 2,5%. Por exemplo, num texto de 300 palavras, deve aparecer entre 3 a 7 vezes, incluindo títulos e subtítulos.

21. KPI

Key Performance Indicators: são usados para medir os resultados e a eficiência de um estratégia e vão para além das métricas. Graças a eles, é possível ter uma visão mais profunda dos problemas e das oportunidades, sabendo como agir com cada situação.

22. Landing page

Este é um dos conceitos de marketing digital que não pode faltar. Uma landing page é uma página destino de um usuário que clica num link patrocinado ou banner. Pode ser uma página para fazer download dum ebook, para criar uma conta, subscrever a newsletter, entre muito mais.

23. Layout responsivo

Um layour responsivo refere-se ao facto de o website encaixar perfeitamente na tela do dispositivo que a pessoa está a usar para aceder ao mesmo, seja smartphone, tablet ou computador.

24. Lead

Um lead é um potencial cliente. Estes potenciais clientes têm de ser nutridos através de conteúdo de qualidade. Uma vez que os seus processos de decisão são diferentes, o funil é importante para saber que tipo de conteúdo é melhor para os interesses de cada lead.

25. Lifetime Value

Esta métrica estima a potencial receita e lucros futuros gerados por um cliente, tendo em conta o valor e recorrência de compras.

26. Link Building

É a prática de colocar links para outros artigos relacionados com o tema em questão. Ajudam a aumentar o tempo em que o usuário fica no blog, contribuindo para aumentar a notoriedade nos motores de busca.

27. Métricas

As métricas são usadas para medir os resultados da estratégia. Cada métrica é calculada de maneira diferente, devendo ser acompanhada, para se analisar os resultados. Pode ser, por exemplo, a taxa de abertura de um envio de emails.

28. Objectivos (SMART)

Na definição do plano de marketing, é preciso estabelecer os objectivos. Será o objectivo ganhar mais notoriedade, ter mais clientes ou fazer mais vendas? Os objectivos devem ser SMART:

  • Specific: específicos, ou seja, formulados de forma clara e sucinta;
  • Measurable: mensuráveis, ou seja, analisados em termos de valores;
  • Attainable: atingíveis, ou seja, deve ser possível atingi-los;
  • Realistic: realistas, ou seja, os fins a alcançar não devem ser superior aos meios para chegar a eles;
  • Time-bound: datados, ou seja, a duração para os atingir deve ser definida.

29. Outbound marketing

O outbound marketing é mais tradicional do que o inbound. Consiste em ir atrás do cliente, não gerando necessariamente interesse. É muito usado através da televisão, rádio, jornais, revistas, cartazes, patrocínio de eventos e outros meio tradicionais. No mundo digital, é usado através de banners, emails em massa e pop-ups.

30. Persona

A persona é uma personagem fictícia do comprador ideal da empresa. Tem uma identidade bem definida, tanto a nível demográfico como comportamental.

31. Planeador de palavras-chave do Google

É uma ferramenta da Google que permite saber a quantidade de buscas de determinada palavra-chave. É possível saber também palavras-chave relacionadas e volume de pesquisas ao longo do tempo.

32. Plano de Marketing

O plano de marketing é o primeiro passo para executar acções e campanhas. É nele que são traçados os objectivos e os meios para os alcançar. Apesar de ser um tanto óbvio, deve ser sempre incluído quando se fala em conceitos de marketing digital.

33. Pop-up

É uma janela que abre dentro de um site ou blog, para chamar a atenção do usuário. Pode ser, por exemplo, a incitar a fazer o download dum ebook.

34. Público-alvo

O público-alvo consiste no grupo de principais clientes ou pessoas que poderão vir a ter interesse nas suas soluções.

35. Redes Sociais

As redes sociais – Facebook, Instagram, Twitter, Pinterest, LinkedIn, tornaram-se óptimas ferramentas para vender e para criar um relacionamento com o público.

36. Remarketing

O remarketing é uma acção de marketing específica para quem já demonstrou interesse num produto ou serviço da empresa, mas não concluiu a compra. É maioritariamente usado via Facebook, Google ou email. Por exemplo, se uma pessoa adicionou um artigo ao carrinho, na loja online, mas não concluiu a compra, pode enviar um email ou usar um anúncio no Google para atrair a pessoa novamente ao website e finalizar a compra.

37. ROI

A sigla significa Return on Investment (retorno no investimento). É a relação entre o dinheiro ganho e o dinheiro investido na estratégia de marketing. A partir do ROI, saberemos se a estratégia está a ter sucesso ou não.

38. SEM

Search Engine Marketing: tem o objectivo de atrair mais visitantes para o website, através de maior exposição dos motores de busca. O SEM é composto por links patrocinados (Adwords) e SEO.

39. SEO

Search Engine Optimization: optimização dos motores de busca. O seu objectivo é fazer com que as páginas do site “subam” de posição no ranking do Google, aparecendo nos primeiros resultados de pesquisa.

40. SMS Marketing

Consiste no envio de sms às pessoas que autorizaram este tipo de comunicação. Pode usar este canal para enviar promoções, avisos, lembretes e até mesmo um feliz aniversário.

41. Testes A/B

Os testes A/B são usados para testar diferentes abordagens da mesma estratégia, para ver o que converte mais. Por exemplo, testar um envio de email com uma imagem e outro envio com outra imagem. Do público todo, metade irá ver um e a outra metade irá ver o outro. Depois, avalia-se qual converteu mais.

42. Tráfego

O tráfego é o fluxo de usuários no website. Existe o tráfego pago e o orgânico. O tráfego pago consiste em pagar para expor o website, através do Google Adwords, Facebook Ads, entre outros canais. Já o tráfego orgânico compreende os utilizadores que chegaram ao website, sem a necessidade de pagar a terceiros. Pode ser através duma pesquisa no Google ou uma partilha numa rede social.

43. UX

O UX Design não se fica somente pelos sites atraentes, mas sim pelos sites intuitivos. Não adianta ter um site bonito, se depois os usuários não sabem trabalhar com ele. Por isso, a experiência do usuário deve ser sempre tida em conta.

Anote estes conceitos de marketing digital e não se esqueça da sua importância na definição da sua estratégia.