vendas online - computador com notas

Cada vez mais empresas seguem o caminho das vendas online, uma vez que há cada vez há mais consumidores a comprar pela internet. Mas como vender online? O comportamento do consumidor digital está em constante mudança. Vamos entender diversos factores para potenciar as suas vendas online.

 

O processo de vendas

 

Para ter sucesso com as vendas online, é essencial entender como funciona o processo de vendas. Constitui-se por três etapas que alinham o processo de compra do cliente.

  • Pré-venda
  • Venda
  • Pós-venda

 

vendas online - carrinho de compras

 

1 – Pré-venda

Este é o momento de planear o que antecede a venda. Para isso, é preciso questionar determinados pontos:

  • Quem é o público-alvo?
  • Quais são os problemas do cliente?
  • Como o produto ou serviço pode solucionar esses problemas?
  • Como fazer com que o cliente valoriza a sua solução?
  • Quais os melhores canais a ser usados para transmitir a mensagem?
  • Qual o custo?
  • Quem são os concorrentes?

 

Estes e outros pontos são essenciais para começar bem a primeira etapa do processo. Saber quem é o cliente é um dos mais importantes, pois se atingir o cliente certo, facilita a próxima etapa. Para conhecer o cliente, tem de ir além dos dados demográficos. É preciso saber o comportamento, objectivos e necessidades, qual a linguagem usada, etc.

 

2 – Venda

Estando definido o cliente ideal, vai definir as estratégias para anunciar o seu produto ou serviço. Pode optar pela publicidade paga, como nas redes sociais, Google Adwords, email marketing, etc. Senão, pode fazer com que os clientes encontrem a sua empresa ao pesquisarem por soluções em motores de busca ou redes sociais, através de SEO e marketing e de conteúdo (blogs, ebooks, webinars, etc.).

Nesta fase, tem de analisar também as formas de pagamento e como o produto ou serviço chegará ao seu cliente.

 

vendas online - compra na internet pelo tablet

 

3 – Pós-venda

Depois de vender o produto ou serviço, nunca pode considerar o processo concluído. Pelo contrário! A etapa do pós-venda é tão importante quanto as outras, pois ajuda na fidelização do cliente. Assim, ele irá realizar outras compras e recomendar a sua empresa a conhecidos.

Portanto, é essencial ter um bom serviço de atendimento ao cliente. Após a venda, entre em contacto com o cliente através de email ou por telefone, a pedir feedback do produto ou serviço e oferecendo suporte para uma eventual dúvida que possa surgir.

 

Os três pilares das vendas online

 

  • Autoridade
  • Confiança
  • Estratégia

 

1 – Autoridade

 

A autoridade no universo das vendas online é basicamente: tornar-se líder, ser respeitado e ganhar espaço no nicho de mercado em que a empresa está inserida.

Para transmitir confiança e credibilidade, tem de mostrar que sabe do que está a falar. Isto pode ser através de materiais de fácil acesso para a audiência, que ajudem na solução dos problemas.

 

Criar um blog

O blog é uma óptima ferramenta para estabelecer autoridade, pois permite entregar conteúdo para a audiência. Para isso, é preciso ter dois factores em mente:

  • Relevância: o conteúdo deve corresponder aos interesses da audiência
  • Frequência: o conteúdo de qualidade deve ser frequentemente actualizado.

Cada página nova indica que o site está sempre activo e frequentemente actualizado. Assim, o Google rastreia essas alterações e recompensa o seu esforço, classificando melhor as páginas nos resultados de pesquisa.

Não precisa de actualizar todos os dias. Se publicar uma ou duas vezes por semana já é uma estratégia que pode trazer bons resultados.

 

Vídeos

No mundo das vendas online, os vídeos são a forma de conteúdo que gera mais engagement com a audiência. Ao contrário do blog, os vídeos são mais dinâmicos e, por isso, aumentam a empatia com o público.

Além disso, o vídeo vem solucionar outro problema, que é a falta de tempo. As pessoas querem reter as informações o mais rápido possível, para decidir se querem fazer a compra ou não.

É de salientar que o Google dá destaque aos vídeos nas pesquisas dos usuários.

 

vendas online - gravar vídeos como estratégia online

 

Conteúdos de qualidade gratuitos

Podes ser posts no blog, como já referido, ebooks, infográficos, vídeos tutoriais e outros formatos. Por um lado, com a oferta de material gratuito rico e de qualidade, vai educar os clientes e nutrir o relacionamento com eles. Por outro lado, vai fazer com que estejam mais dispostos a comprar.

 

2 – Confiança

 

A confiança tem a ver com a forma como os clientes vêem a marca, assim como a autoridade. Precisa de bastante tempo e esforço para ser conquistada e, portanto, para garantir credibilidade, é preciso:

 

vendas online - confiança

 

Ser acessível

Como as pessoas não podem experimentar o produto antes da compra online, é normal terem dúvidas. Para isso, é fulcral que a equipa de vendas esteja acessível desde o primeiro contacto, seja por email, telefone, redes sociais, etc.

 

Entregar o prometido

Ninguém gosta de comprar um produto pela internet e depois, quando o recebe, ver que não é nada como esperava. O ideal é ser honesto nos anúncios e entregar ao cliente aquilo que realmente está a prometer. Agir de forma ética evita comentários negativos das pessoas, que espelham a palavra a conhecidos, ou até mesmo processos por propaganda enganosa.

Clique aqui para ver compras que correram mal pela internet.

 

Usar testemunhos de clientes

Os testemunhos de clientes são a prova em como os seus produtos ou serviços funcionam. Além disso, a opinião de outras pessoas pode ser decisiva para a aquisição de um produto ou não, principalmente no que toca a vendas online.

 

3 – Estratégia

 

Existem muitas estratégias para criar um relacionamento duradouro com a audiência. No entanto, é preciso saber quando e como colocá-las em prática para estimular as vendas online. Seleccionámos algumas estratégias que pode usar.

 

vendas online - estratégia

 

Google Adwords

O Adwords exibe os anúncios com base nas palavras-chave usadas nas pesquisas dos usuários. É uma óptima ferramenta de segmentação, uma vez que o anúncio será mostrado a quem tem interesse no produto.

Outro ponto positivo é que só paga quando alguém clica no link. Se o anúncio simplesmente for mostrado e não houver cliques, não paga.

 

Facebook Ads

Esta ferramenta permite que segmente o seu público conforme a idade, sexo, interesses, comportamento, localização, etc.

Mesmo que os usuários não cliquem no anúncio, não deixa de ter visibilidade, o que aumenta a eficiência e o engagement.

 

Copywriting

Isto tem a ver com a descrição atractiva dos seus produtos, para incentivar os usuários a tomar uma decisão de compra. Pode ter um site muito apelativo a nível de design, mas o copywriting conta mais para que ocorra uma conversão.

 

Email Marketing

Não usar o Email Marketing pode fazer perder oportunidades de negócio. Esta estratégia é bastante útil para fortalecer o relacionamento com os clientes.

 

SEO

O SEO ajuda bastante na classificação nos motores de busca e não custa nada além de tempo e esforço.

É preciso conhecer as boas práticas de SEO para optimizar o conteúdo. Se trabalhar bem palavras-chave específicas, aumenta a probabilidade de o usuário encontrar a empresa online ao procurar por determinados termos.

 

Criação de landing pages

Nas vendas online, pode utilizar o seu site para se aproximar ainda mais da audiência, captar leads e, portanto, encontrar novos clientes.

Assim, pode criar um ebook, infográfico , newsletter ou registo para captar leads. Veja o exemplo da landing page da Easymail.

Se tiver dúvidas, pode contactar-nos e ajudá-lo-emos na criação da sua landing page!

 

Concluindo…

Agora você está mais preparado para negociar o seu produto e chegar aos seus clientes.

Conheça bem o seu cliente, para conseguir perceber o processo de compra e, portanto, definir no seu processo de compra as tácticas a usar.

Por isso, comece já a potenciar as suas vendas online!